BLOG

Anestesistas prontos para a Copa 2018

Tempo de leitura: Aprox. 5 minutos.

 

Rodeado de equipamentos, medicamentos e pacientes, o centro cirúrgico do hospital Souza Aguiar, atraiu olhares diferentes nesses últimos dias. Apesar de ser um ambiente profissional e de muita tensão, as equipes, e principalmente, os médicos anestesiologistas, também podem trabalhar em um ambiente descontraído em alguns raros momentos.

Os residentes em anestesiologia de um hospital no Rio de Janeiro, conseguiram chamar a atenção de diversos lugares do mundo em uma ação para a Copa do Mundo.

A ideia inicial foi do Caio de Azevedo, residente do 2º ano de Anestesiologia, e seus amigos da residência, que fizeram uma comparação dos jogadores no campo de futebol com uma “escalação” com referências importantes na anestesiologia e que acabou viralizando no hospital. Depois que a brincadeira se tornou conhecida, o grupo de residentes teve a ideia de colocar a numeração nas roupas de centro cirúrgicos com esparadrapo, simulando uma camisa de futebol oficial.

“A intenção foi descontrair nosso ambiente de trabalho com a época da Copa. Quem não tem o conhecimento do dia a dia de centro cirúrgico, acredita que ficamos lá o dia todo trabalhando de plantão em plantão, mas queremos mostrar que apesar de toda seriedade e profissionalismo, existem momentos de descontração e alegria, e que hoje, graças a Deus, conseguimos mantê-lo menos estressante, juntamente com os chefes e colegas de outras especialidades”, explica Caio.

No momento em que colocaram as roupas de centro cirúrgico, registraram e publicaram nas redes sociais. A foto foi postada inicialmente no perfil do Instagram do Caio, mas viralizou no mesmo instante. “Recebemos mensagens de páginas de colegas anestesistas do México e Estados Unidos, e toda repercussão foi muito positiva”, comenta.  

Além disso, depois de toda a repercussão, a foto também atingiu pessoas que não tem conhecimento em anestesia, mas gostaram e compartilharam em suas redes sociais. “Por exemplo, nomes como Messi Ringa (Seringa), não precisa de tanto conhecimento médico para saber, já o Sevo Ramos (Sevoflurano), é um termo mais complexo. Mas apesar disso, conseguimos atingir diversos públicos”, finaliza.

 

A RESIDÊNCIA

 

O Souza Aguiar é o maior hospital público de emergência aberta no Rio de Janeiro, com movimento muito grande de cirurgias, tanto eletivas e urgências, de diversas especialidades cirúrgicas e com uma média de ocupação de 30 salas por dia.
“Nós somos residentes da anestesia e nesse clima de trabalho intenso misturado com a Copa, surgiu a ideia de fazermos das nossas vestes cirúrgicas uma homenagem aos jogadores e a nós, que estamos lá na batalha diária”, ressalta Caio.

 

Obs: Os residentes compraram os esparadrapos por conta própria. 

 

Leia também: Se prepare para a prova escrita do TEA 2018. 

 

 

NEWSLETTER

Clique aqui e cadastre seu e-mail para receber informações e novidades!

 

 

Please reload

Newsletter

Cadastre seu e-mail para receber informações

e novidades

Posts Recentes

17 Aug 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
Logo Portal Anestesia

Ligue para nós

(11) 4902-3252

(11) 99843-8977

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco

© 2019 MedMkt Treinamento