BLOG

Meu trabalho foi aprovado para ser apresentado no Congresso. E agora?

2 Dec 2016

 

No último mês de novembro, tive a oportunidade – pela segunda vez – de participar do Congresso Brasileiro de Anestesiologia, esse ano sediado em Brasília/DF. Mais, foi a primeira vez, enquanto residente, que levei um trabalho produzido ao longo do nosso ciclo de especialização para ser apresentado num congresso nacional. Não foi nenhum super trabalho científico, com grandes amostras ou com conclusões revolucionárias para o mundo científico; no entanto, levei dois relatos de caso de pacientes sabidamente portadores de via aérea difícil em que usamos um dispositivo (Totaltrack™) como forma de acessar a via aérea de maneira menos traumática possível, ao mesmo tempo em que se era permitido ventilar o paciente.

 

                Acho que a ansiedade em apresentar o trabalho foi mais desgastante que o preparo dele; sobretudo porque minha apresentação estava marcada para o penúltimo horário do último dia do congresso, daí vocês imaginam o drama. Mas, ainda bem que no final deu tudo certo. Eu, impressionantemente, falei de forma clara, pausada e sem demostrar nervosismo e aqueles 10 minutos, que a princípio pareciam uma eternidade, passaram-se num piscar de olhos.

 

             Devo aos meus colegas de residência e aos chefes, que me acompanharam da elaboração do caso à apresentação, grande parte dessa maturidade na hora da apresentação. De fato, ter para quem olhar (e ver que estão prestando atenção no que você diz) no momento da apresentação foi, para mim, um fator que contribuiu bastante para que tudo corresse bem.

Algo que me deixou satisfeita e, de certa forma, me estimulou a querer participar de forma mais ativa dos congressos, sempre tentando levar trabalhos, foi a postura dos avaliadores das apresentações.

 

            É certo que a grande maioria daqueles que levam trabalho e apresentam é composta por residentes e, talvez por isso, todos os avaliadores que acompanhei possuíam um discurso muito semelhante, de incentivo a novas publicações, conselhos para próximas apresentações e sugestões de pesquisas. O espaço oferecido pelos congressos é muito democrático de forma que podemos observar estudantes, residentes e grandes nomes da anestesiologia discutindo juntos sobre as mesmas ideias e, dessa forma, trocando conhecimento uns com os outros.

 

          Porém o que devemos mesmo ter em mente quando decidimos enviar trabalhos para os congressos é que, de certa forma, estamos contribuindo para a disseminação da ciência, seja ela qual for. São através dessas publicações/apresentações que nos apresentamos à comunidade científica como pesquisadores e profissionais que se dedicam em, cada vez mais, construir novos conceitos e novas teorias, sempre visando compartilhar com os demais membros desse grande grupo de profissionais. 

 

        O cientista Kurt Wüthrich, vencedor do Nobel de Química, certa vez falou que “ao publicar, o cientista descobre a importância de sua pesquisa”. E é bem por ai mesmo, por menor que seja o seu trabalho, não subestime-o, a recompensa ao final de uma publicação ou de uma apresentação num congresso importante, vale a pena.

 

 

Please reload

Newsletter

Cadastre seu e-mail para receber informações

e novidades

Posts Recentes

17 Aug 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
Logo Portal Anestesia

Ligue para nós

(11) 4902-3252

(11) 99843-8977

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco

© 2019 MedMkt Treinamento