A presença das

MULHERES

na medicina

Autor: Equipe Portal Anestesia

Nos dias de hoje, o papel da mulher nas diversas especialidades da medicina, é um reflexo das inúmeras vitórias femininas e de seu crescimento predominante na área da saúde. 

Atualmente, as mulheres representam a maioria dos médicos formados no Brasil, embora, na anestesiologia, ainda representem 34,5% dos especialistas - segundo o estudo A Feminização da Medicina no Brasil, da Faculdade de Medicina da USP. Porém, nem sempre foi assim. A questão que poucos sabem é que algumas inovações não seriam possíveis hoje em dia se não tivesse a paixão das mulheres para estudar ciência e medicina. Desafiaram a sociedade da época, em que só os homens tinham voz e conquistaram seu devido espaço para exercer sua profissão.

Aqui, pontuamos alguns exemplos que fizeram parte do cenário da medicina e da anestesiologia.
 

• Dra. Leonor Horta de Figueiredo

Foi pioneira na anestesiologia no estado de Minas Gerais. Com isso, foi a primeira mulher a obter o Título de Especialista em Anestesiologia (TSA) no Brasil, a doutora que abriu as portas para tantas outras mulheres no universo da Anestesiologia.


• Dra. Nádia Maria da Conceição Duarte
A primeira mulher presidente da Sociedade Brasileira de Anestesiologia, eleita em 2011, e após completar 22 anos como integrante da SBA.


• Maria Augusta Generoso Estrela
Primeira médica brasileira a receber o diploma de médica, em 1881, no New York Medical College and Hospital for Women, pois no Brasil, ela não conseguiu estudar.

 

• Elizabeth Backwell
Primeira mulher a conseguir ser médica nos Estados Unidos e em todo o mundo. Em janeiro de 1849, tornou-se a primeira mulher a receber o título de medicina.

Logo Portal Anestesia

Ligue para nós

(11) 4902-3252

(11) 99843-8977

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco

© 2019 MedMkt Treinamento